Saiba como se proteger de raios durante as tempestades.

Há previsão de temporais para todo o estado entre esta sexta (29) e sábado (30), segundo o Sistema Meteorológico Simepar.

Por Ademir Zilio 29/12/2017 - 18:06 hs

Com a condição constante de chuvas em todo o Paraná, a Companhia Paranaense de Energia (Copel) alerta sobre algumas regras de segurança importantes durante as tempestades com raios.

De acordo com o Grupo de Eletricidade Atmosférica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), nos últimos 10 anos, 92 pessoas morreram atingidas por esse tipo de descarga elétrica no Paraná.

Há previsão de temporais em todo o estado entre esta sexta (29) e sábado (30), segundo o Sistema Meteorológico Simepar. Veja as dicas da Copel para se proteger das descargas elétricas.

 

  • Permaneça dentro de casa, saindo apenas se for absolutamente necessário
  • Mantenha-se afastado de portas e janelas abertas, fogões, aquecedores centrais ferramentas, canos, pias e objetos metálicos de grande massa
  • Não use o telefone
  • Não recolha roupas estendidas no varal
  • Não trabalhe em cercas, telefones, linhas de força, encanamentos metálicos ou em estruturas de aço durante a tempestade
  • Evite mexer com material inflamável, contido em recipiente aberto
  • Não segure varas de pesca com carretilhas ou outros objetos metálicos
  • Interrompa imediatamente o trabalho com tratores, especialmente se estiver puxando equipamentos metálicos
  • Não permaneça na água ou em barcos pequenos

 

 

Onde buscar abrigo

 

 

  • Se possível, busque refúgio em um carro ou no interior de edificações
  • Quando houver, nas proximidades, árvores isoladas, o melhor será agachar-se ou deitar-se a uma distância correspondente a duas vezes a altura da árvore mais próxima
  • Afaste-se do topo de colinas, de áreas abertas, cercas de arame, varais metálicos e qualquer outro objeto condutor de eletricidade
  • É importante manter sempre os pés juntos porque ao atingir o solo a descarga elétrica se propaga em ondas concêntricas, como quando se atira uma pedra na água, gerando diferenças de potencial elétrico no chão. Mantendo os pés juntos, é possível evitar a passagem da eletricidade pelo corpo