Homem é condenado à prisão em Guairaçá, no noroeste do Paraná

Por resistir, agredir e atirar contra Policial Militar

Por Ademir Zilio 30/10/2017 - 18:41 hs

O Tribunal do Júri, em Terra Rica, no noroeste do Paraná, condenou um homem a nove anos e dois meses de prisão em regime fechado por tentativa de homicídio, lesão corporal e resistência contra um policial militar.

Os crimes, conforme a decisão, foram cometidos em Guairaçá, também no noroeste do Paraná, em 24 de novembro do ano passado. A decisão ocorreu no dia 25 deste mês e foi publicada no sábado (28).

De acordo com o Ministério Público do Paraná (MP-PR), na ocasião o réu Maurício Aparecido Rocha Campos desacatou o policial, que, por este fato, deu voz de prisão a ele em uma praça central da cidade.

O homem resistiu, agrediu o PM, tomou a arma dele e atirou diversas vezes, acertando a porta de entrada da Igreja Matriz de Guairaçá, informou a promotoria.

O réu estava preso preventivamente na cadeia pública da cidade há 11 meses. Conforme o M-PR, não foi oferecida a possibilidade de recorrer em liberdade, mas cabe recurso da decisão.