TERRA RICA - Ciúme pode ter levado comerciante a matar ex-mulher e cometer suicídio

Por Ademir Zilio 22/09/2017 - 11:18 hs

Ciúme. Esta é a causa provável de um assassinato seguido de suicídio, ocorrido em Terra Rica dia 18 pela manhã. Conforme a Polícia, o casal estava separado há cerca de um mês. O marido, 50 anos, não teria suportado ver a ex-mulher, 26 anos, “reiniciando a vida” após a separação. Fotos dela circulam nas redes sociais participando de um evento no final de semana.  
O assassinato seguido de suicídio aconteceu no estabelecimento comercial que o ex-casal mantinha na Avenida São Paulo em Terra Rica.  A Polícia antecipa que será difícil obter detalhes essa histórica de tragédia, já que não teria havido testemunhas.
O episódio se deu por volta das 9h30. No corpo da mulher foram encontradas três perfurações a bala, no pescoço e na cabeça. Já o homem se matou com um tiro na cabeça. Os corpos foram periciados no IML - Instituto Médico Legal de Paranavaí.  
Pelo fato de não haver testemunhas e nem crime a apurar, a Polícia deve concluir o inquérito rapidamente. Não há o que acrescentar, destacou um policial, diante do cenário verificado no final da tarde. 
A mulher é de família de Terra Rica. Já o homem seria da Bahia, sem familiares na cidade. O casal era bastante conhecido e mantinha um bar e mercado. Por isso a história teve muita repercussão ontem. O casal deixa um filho de 06 anos. 

O fato

A tragédia aconteceu em Terra Rica, no Paraná na manhã de segunda-feira (18). O homem entrou na mercearia atirou contra a ex-esposa e na sequência cometeu suicídio.
O comércio pertencia ao casal que estava separado.

De acordo com a Polícia Civil não havia testemunhas no momento do assassinato e, a suspeita é que a motivação do crime tenha sido a separação.

Jéssica Prado Farias de 26 anos foi atingida por um disparo de arma de fogo, ela morreu no local. O ex-companheiro é Jovenildo Marques Alves de 50 anos.